5 dicas para escolher a melhor escola para seu filho

O mês de setembro já está quase no fim. A esta altura do ano, as escolas já estão trabalhando suas campanhas de matrículas, colocando todas as suas forças no marketing. Por outro lado, este é o momento em que pais e mães avaliam o ano escolar e pesquisam escolas para o ano seguinte.

Mas como saber se a atual escola de seu filho é a melhor escola para ele? Por onde começar a pesquisar uma nova opção?

Ouvindo alguns pais de primeira, segunda e terceira viagem, chegamos a 5 dicas simples que poderão servir de norteador, tanto na hora da avaliação, como na pesquisa:

 

1. DE OLHO NO BOLSO

De nada adianta escolher uma escola que oferece tudo aquilo que você deseja se não há condições de pagar pelo serviço. Se esta escola for a que mais se enquadra nos seus critérios, pesquise as formas de pagamento. Algumas escolas oferecem bolsas de estudo por mérito e muitas vezes têm parte de seu orçamento dedicado às famílias que precisam de suporte financeiro.

 

2. PESQUISA DE OPINIÃO

Converse com famílias – pais e filhos – que estão nesta escola para saber a opinião deles sobre as aulas, a segurança, alimentação, formação de professores, investimentos da escola, entre outros que podem ser de seu interesse. A melhor propaganda é a de quem já experimentou um produto ou serviço.

 

3. ATOR PRINCIPAL

O seu filho é o principal envolvido em todo o processo de escolha da escola, afinal é ele quem irá passar boa parte de seus dias lá dentro. Ele precisa ao menos gostar do espaço escolhido. Perguntar a opinião dele não é deixa-lo decidir sozinho, pois há questões que são de responsabilidade dos pais. Mas se ele não gostar da escola, dificilmente irá se adaptar ao ambiente.

 

4. VISITANDO

Depois de muito estudo orçamentário e pesquisas de opinião, é hora de partir para a ação. Agende uma visita nas escolas selecionadas. Você poderá observar o espaço físico, as instalações, salas de aula. Irá conhecer a proposta pedagógica, como funcionam as avaliações, o sistema de aprovação. Não esqueça de levar seu filho junto. A opinião dele é muito importante.

 

5. A SUA CARA

Antes de correr para matricular as crianças na escola mais bem conceituada da cidade, veja se o perfil dessa escola é compatível com o perfil da sua família. Algumas escolas são mais rígidas em relação às regras e, se a sua família segue uma vida mais flexível, pode ter problemas de adaptação.

 

O mais importante, porém, é escolher uma escola em que o filho sinta-se acolhido e que os pais estejam tranquilos e seguros. Quando a criança está feliz e adaptada, compartilha com os pais as experiências do dia e quer participar ativamente da vida escola. Converse periodicamente com os professores e pais dos colegas. Tão relevante quanto escolher uma boa escola é acompanhar o desenvolvimento – pedagógico, social e emocional – das crianças.